Pesquisar este blog

domingo, 9 de janeiro de 2011

fotos e paredes

Não tenho muita idéia de quantas fotos tenho guardadas nos meus HDs. Passam longe de 50 mil. Já as paredes aqui de casa, essas carregam bem menos imagens...mas tem grande valor, senão financeiro, ao menos sentimental.

Esta aqui abaixo é um quebra-cabeça de uma foto do Ansel Adams que nessa semana vi num site como uma das 10 que mais influenciaram a história. Segundo o site, essa imagem foi responsável pelo início da conscientização ambiental. Pode até não ser tudo isso, mas é uma foto de paisagem sensacional, sem dúvida! Chama-se Snake River and Tetons.



Essas aqui abaixo são novas....nem pra parede foram ainda...são 3 imagens do Pierre Verger, francês que percorreu o mundo e acabou se fixando na Bahia...suas fotos PB tiradas em filme 6x6 em camera de lentes gêmeas igual a que herdei de meu avô são pura inspiração e poesia...meu primeiro livro de fotografias é dele...e agora são 3 imagens pra deixar alguma parede aqui de casa mais bacana.

Aqui, tem 3 imagens do fotógrafo Ara Guler, amigo pessoal do Cartier Bresson e colega dele na famosa agência Magnum. As fotos desse que é o mais famoso fotógrafo turco da história na verdade são os guardanapos de papel que ele usa no café que ele tem no centro de Istambul e que leva o seu nome (Ara Kafe). Eu tava lá e aproveitar para pedir pro próprio fotógrafo assinar ela...mereceu moldura e um lugar na parede.



Aliás, dias atrás surgiram as fotos do último rolo de Kodachrome fabricado na história. Dos 36 frames clicados por Steve McCurry, a foto 25 é um retrato do Ara Guler, seu colega na Magnum. Eis a foto, chupacabrada direto do blog do Steve.
Ara Guler, by Steve McCurry


O mais famoso fotógrafo brasileiro também tem seu lugar. Sebastião Salgado. Presente do fotógrafo motociclista Fabiano Dallmeyer.

Esse aqui de baixo, bem menos famoso, aliás desconhecido...mas ao menos é uma foto original deste que vos escreve. Foto tirada em Governador Celso Ramos, SC, final de tarde, futebol na praia.

Um comentário:

  1. No mínimo inspirador.
    Eu não tenho imagens na parede, ainda.

    Abs.

    ResponderExcluir